publicado por nobilissimavisione | Quarta-feira, 23 Setembro , 2009, 14:42

É espantosa a fragilidade estratégica revelada pelo Presidente da República. Já no caso do Estatuto dos Açores o Presidente fora derrotado em toda linha pelo seu excesso de confiança e por uma leitura absolutamente desajustada da relação de forças vigente. Este caso das supostas escutas é muito mais grave, mas mesmo na leitura mais benigna dos factos até gaora revelados, o desnorte da actuação presidencial, expresso nas suas hesitações, contradições e omissões, é evidente. A não ser que o Presidente guarde, certamente por masoquismo, uma revelação bombástica para depois das eleições, este caso vai deixar sequelas graves na limitação da sua margem de decisão futura, para além de ter interferido profundamente na campanha eleitoral, da qual o Presidente se tornou involuntário protagonista.


mais sobre mim
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO