publicado por nobilissimavisione | Sábado, 26 Dezembro , 2009, 17:28

 

Quando fui para Timor-Leste pela 1.ª vez levava a firme intenção de avistar um crocodilo, que é o símbolo mitológico da ilha. Já tinha ouvido várias histórias sobre crocodilos que tinham aparecido esporadicamente nas praias de Díli ou em Manatuto, mas sabia que era na costa sul que o avistamento seria mais provável. Por isso, quando se organizou uma ida ao Suai, o propósito era duplo: comprar tais e ver um crocodilo (lafaek em tétum). A expedição foi um sucesso no que toca aos tais, mas os crocodilos...nada! Nem no Suai (onde se diz ser relativamente comum vê-los), nem em Betano.

 

Foi só na minha segunda estadia, entre Setembro e Dezembro de 2006, que vi o famoso bicho, em todo o seu esplendor. Tendo ido à floresta de Lore, na ponta leste, parámos numa magnífica praia na direcção de Iliomar, para tomar banho, num sítio que nos disseram não ser frequentado por crocodilos. Ainda fui com a máscara um pouco mais ao largo, mas naquela zona não há recifes de coral e a água é mais escura. Quando voltei para a margem, uma das expedicionárias, que não tinha entrado dentro de água, diz ao nosso guia: "Senhor Rui, vem aí uma coisa que parece um tronco com olhos....". E era mesmo um crocodilo! Debandada geral, tudo para fora da água, e ficámos um pouco mais acima da praia a fazer um piquenique. O bicho ainda ali ficou uma boa meia-hora, mergulhando e vindo ao de cima, aproximando-se pouco a pouco da praia. Não parecia ser dos maiores (2,5/3 metros? - os crocodilos de água salgada podem ultrapassar os 6 metros). A foto foi tirada pelo Joel Santos, que estava conosco e «imortalizou» o momento. Uma emoção, ter ali um animal que parecia vir de tempos imemoriais, com bastante vontade de nos trincar! Foi uma viagem memorável, também por este motivo!

 

 


mais sobre mim
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25

28
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO