publicado por nobilissimavisione | Terça-feira, 09 Junho , 2009, 22:47

Uma opinião frontal (e coerente) sobre a abstenção, no Jugular. Não a subscrevo inteiramente. Estacionar em segunda fila é mais grave que não votar. Estacionar em segunda fila é ilícito, a renúncia ao exercício do voto não é. O dever de voto de que a Constituição fala é um dever cívico, não é um dever jurídico. O voto é um direito que pode ser exercido ou não. A reprovação do não exercício do voto coloca-se no plano ético, moral; e compreende-se que assim seja, pois não põe em causa os direitos dos outros (de cada um dos outros), nem provoca um transtorno comum tão grave que justifique a sua transformação em crime ou contra-ordenação (como acontece com o estacionamento em segunda fila). Mas é um comportamento que não tem nada de louvável nem é digno de admiração; não pode ser caracterizado como um «direito à desobediência civil», pois deve-se geralmente a desinteresse ou preguiça. Pode quando muito ser desculpável em certas circunstâncias. 


mais sobre mim
Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
26
27

29


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds