publicado por nobilissimavisione | Sexta-feira, 14 Maio , 2010, 18:16

 

Magnífico livro. A apresentação é estruturada em torno das figuras que o Autor considerou mais importantes, o que é eficaz, mas deixa de fora algumas personagens interessantes, como o Imperador Tibério. A escrita é viva, inteligente e empolgante, por vezes no limite da transição para o romance, como na história da (breve) vida e morte do tribuno Tibério Graco, paladino do povo romano e da redistribuição da riqueza recolhida com a subjugação de Cartago, claramente a figura preferida do Autor. A abordagem dos primeiros imperadores parece ter um cunho mais psicológico e subjectivo do que a apresentação dos imperadores posteriores. Dos primeiros, destaca-se a figura patética de Nero, perdido, para além de uma excessiva emulação da cultura grega, por uma irresistível compulsão artística para actuar em público, como actor, cantor e tocador de lira. O retrato mais bisonho é, previsivelmente, o de Constantino, o primeiro imperador cristão. O meu preferido? O Imperador Vespasiano, que antes da nomeação por Nero como comandante das forças romanas na guerra contra a Judeia, "era um general caído em desgraça que vivia na exilado na Grécia. Filho de um cobrador de impostos, e tendo sido o primeiro membro da família a chegar ao Senado, Vespasiano teve o privilégio de ser incluído na comitiva que acompanhou Nero na sua digressão pelos festivais gregos (...). Vespasiano retribuiu o cumprimento adormecendo na audiência (...). Piadas populares e jogos de bola eram o que Vespasiano preferia (...) Era um soldado, corpulento de físico e com uma expressão sempre tensa no rosto. A ascensão ao Senado ficara a dever-se aos seus feitos militares" (p. 203). Foi ele quem pôs em ordem as finanças de Roma, completamente exauridas pelos delírios arquitectónicos de Nero. Chegou ao ponto de criar um imposto sobre a urina, e quando o seu filho Tito se insurgiu contra aquilo que considerou um excesso, Vespasiano pegou num punhado de moedas e perguntou-lhe se lhe cheiravam a alguma coisa em particular.

tags: ,

mais sobre mim
Outubro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds